Violência doméstica pode ser denunciado em farmácias

junho 12, 2020 0


A campanha denominada de "Sinal ermelho Contra a Violência Doméstica", incute de forma discreta pela vítima, onde basta ela mostrar um "X vermelho na palma da mão", para que o atendente ou o farmacêutico entenda tratar-se de uma denúncia; e em seguida acione a polícia e encaminhe o acolhimento da vítima.

A Campanha é coordenada pela Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) e o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), com apoio de entidades da sociedade civil, uniram forças para lançar a campanha "Sinal Vermelho" contra a violência doméstica.


Denúncia de forma velada 

A campanha almeja para as mulheres, as quais têm dificuldade para prestar queixa de abusos, seja por vergonha ou por medo. “A vítima, muitas vezes, não consegue denunciar as agressões porque está sob constante vigilância. Por isso, é preciso agir com urgência”, disse a presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros, Renata Gil.


Além de poder contar com a ajuda das farmácias, as vítimas de violência doméstica, podem fazer as denúncias diretamente pelo telefone 180 ou pelo aplicativo. Ligue 180. Ainda existe a opção de registrar o problema no site do Ministério dos Direitos Humanos

0 Comentarios "Violência doméstica pode ser denunciado em farmácias"