Arma de guerra: Conheça o drone americano responsável pela morte do Iraniano Kasem Soleimane (Veja o vídeo)

janeiro 06, 2020 0



O Drone MQ-9 Reaper foi o responsável pela morte do General Iraniano Qasem Soleimani. No caminho ao aeroporto de Bagdá, no Iraque. O General é acusado de ter coordenado diversos ataques internacionais contra os americanos em solo Iraquiano e demais países.


O drone armado é próprio para ataques em terra. O drone tem 11 metros e as suas assas com envergadura de 20 metros. Capaz de alcançar uma velocidade máxima de 480 km por hora. Tem uma autonomia de 23 hs com a sua carga máxima. Pode decolar com até 1700kg. Tem bombas e mísseis espalhados por todo o seu corpo. Pode inclusive, levar uma bomba de 230kg, guiada a laser. Pode derrubar outros drones e até helicóptero. As armas funcional por meio de sensores de última geração.



O Drone MQ-9 Reaper é comandado por duas pessoas, em uma cabine de operação, que pode estar à milhares de distância. Podendo voar até 7.500 metros de altitude. Vem equipado com uma câmera de altíssima resolução. 
As forças americanas possuem cerca de 160 Drone MQ-9 Reaper, cada um pelo valor de 16 milhões de dólares. Os drones foram empregados na Síria e no Afeganistão, inclusive o General no dia 03 de janeiro de 2020. São responsáveis por neutralizar diversos alvos inimigos das forças americanas.
O General Qasem Soleimani é o responsável por muitas ações internacionais iranianas na região. Ao ser feito de alvo, o drone iluminou com um laser o veículo onde estava o general e seus amigos e lançou um míssil preciso, eliminando o alvo.


General Soleimani foi assassinado pelo ataque de drones dos EUA, planejado e planejado pelo Pentágono em 3 de janeiro de 2020 em Bagdá. Washington considerou Soleimani o responsável pelo grande ataque contra uma instalação de petróleo saudita, matando pessoal dos EUA, abatendo veículos aéreos dos EUA e outras ações passadas.

A operação militar foi aprovada pelo presidente Trump sob a justificativa de que Soleimani representava uma "ameaça iminente" à vida americana. No entanto, não houve aprovação do Congresso dos EUA ou consentimento do governo iraquiano, levando a controvérsias sobre a legalidade de matar um líder militar iraniano pelo espaço aéreo iraquiano. Soleimani foi sucedido como comandante da Força Quds por Esmail Ghaani.

veja o vídeo e saiba mais detalhes sobre esta arma de guerra.



0 Comentarios "Arma de guerra: Conheça o drone americano responsável pela morte do Iraniano Kasem Soleimane (Veja o vídeo)"