Força tarefa pela prisão de estuprador de mulheres na capital (Veja o retrato falado)

outubro 28, 2019 0

Uma ação conjunta envolvendo a Polícia Civil, por meio da Superintendência de Polícia Civil da Capital, (SPCC), a Polícia Militar e a Guarda Municipal, estão intensificando nas buscas pela captura do maníaco e estuprador, o qual vem realizando ataques contra mulheres na capital. Fora a força policial, muitos estão integrando nesta força tarefa, como os condutores de Uber, Moto-taxistas, Taxistas, grupos de WhatsApp. Tudo no sentido que o criminoso possa ser preso. A SPTC divulgou um retrato falado do suspeito, no sentido que ele possa ser identificado. O suspeito tem uma tatuagem no braço esquerdo, de um “dragão de cor verde, com os olhos vermelhos”.

Nas últimas horas, a Policia Civil por meio da Superintendência de Polícia Técnico Científica (SPTC) divulgou um retrato falado do suposto criminoso. Ele com porte físico normal, pele morena, e com um detalhe que pode ser muito importante na sua identificação. O suspeito tem uma tatuagem no braço esquerdo, de um “dragão de cor verde, com os olhos vermelhos”. Além de ter um detalhe no seu corte de cabelo. Uma das vítimas informou também, que ele estava usando um cordão prateado.


Tatoo no braço esquerdo, de um “dragão de cor verde, com os olhos vermelhos”

Os ataques dos criminosos contra as vítimas

Os ataques dos bandido iniciaram na semana passada, onde duas vítimas foram atacadas. Eles usam um veículo, onde com a posse de uma arma de fogo, obriga a vítima a entrar no veículo. Nos casos denunciados, apenas um dos envolvidos realiza a ação criminosa. Assim que este blog ficou sabendo das denúncias por meio de uma amiga, que reside em um dos bairros, onde foi deixada uma das vítimas, o signatário fez contato com as polícias, no sentido que iniciassem as investigações para prender o criminoso. Tanto a SPCC, como a Casa da Mulher Brasileira iniciaram as ações para identificar o criminoso e maníaco.

Os casos aconteceram na região do bairro do Monte Castelo e Liberdade, em paradas de ônibus. Um dos casos aconteceu próximo ao Colégio Fernando Perdigão e a empresa Comabel, do Monte Castelo. No ocorrido, passou um carro branco, ameaçaram a vítima e a levaram, cometendo depois o crime. Ela foi abandonada no bairro Janaína só com as peças íntimas.
Outro caso, fora no bairro da Liberdade, próximo à praça Mário Andreazza, onde também passou um carro e os criminosos tentaram colocar duas jovens dentro, apontando uma arma, mas, neste caso elas conseguiram correr. Outro caso também fora registrado, em um ataque na região do Centro da cidade de São Luís, sendo esta, abandonada nas proximidades da Vila Luizão.


Divulguem o retrato falado, para que o criminoso possa ser identificado e preso, o quanto antes.

 Informações ligar para :

WhatsApp do Disque Denúncia (99224 8660)
Telefone (098) 3223 5800 
Na capital e nos municípios, (099) 0300-3135 800.
CIOPS: 190 

0 Comentarios "Força tarefa pela prisão de estuprador de mulheres na capital (Veja o retrato falado)"