Após acidente vitimando cinco pessoas no Jaracaty, acusado ainda está internado, mas não preso

outubro 09, 2019 0


“Tudo que estava sobre a esfera de atribuição da Polícia Civil, foi feito de forma rápida, diz delegado.”

O Acusado Victor Yan Barros de Araújo, de 25 anos, constando como autor no envolvimento na direção perigosa. Onde o seu veículo capotou no dia 08 de setembro, no bairro do Jaracaty, onde 05 pessoas morreram. Apesar do Tribunal de Justiça ter acatado a acusação, Mas, o que não se entende até agora, é que o acusado não está preso, mas, ainda se encontra aos cuidados médicos.
Dentre as vítimas, 02 estavam no interior do veículo e três estavam na porta de uma residência, comemorando um aniversário.


A ação de crime, aconteceu na Avenida Carlos Cunha, onde dentre as vítimas, 02 estavam no interior do veículo com o condutor e três estavam na porta de uma residência, comemorando um aniversário, quando sofreram o trágico acidente.
Após o crime, o Tribunal de Justiça acatou a acusação pelo que preenche de acordo com o Artigo 41 do Código de Processo Penal (CPP), sendo então mantida a sua Prisão Preventiva, a qual havia sido determinada dois dias depois do acidente trágico. Mas, por incrível que pareça, após o ocorrido, com as 05 pessoas mortas, o acusado não está cumprindo pena.

Victor Yan Barros de Araújo ainda hoje, se encontra internado em um hospital particular, o São Domingos. Eis então a grande pergunta, o porquê dele não está em um presídio? A sua prisão é necessária, de acordo com o tribunal de Justiça. Lógico que o grande responsável não seria o hospital particular, pois o mesmo apenas está cumprindo exigências médicas, mas o posicionamento é este, o que estaria segurando o acusado Victor Yan Barros de Araújo, para deixar de permanecer internado, para não ser preso? Advogados? Problemas de saúde? E ou outros quaisquer?


Polícia Civil após finalizar inquérito, repassa caso para a Justiça se manifestar


Preocupado com a repercussão que o caso está tomando, por conta das pessoas mortas e as famílias fragilizadas, o blog entrou em contato com o Superintendente de Polícia Civil da Capital (SPCC), o Delegado Carlos Alessandro, que é o responsável pelas delegacias da capital; onde o acusado Victor Yan Barros de Araújo, teria sido encaminhado para uma delas, após o acidente. O Superintendente Carlos Alessandro relatou, que “Todas as ações que estava ao alcance da Polícia Civil, dentro de sua esfera e atribuições fora feito. O acusado Victor Yan Barros de Araújo foi conduzido à delegacia do Plantão das Cajazeiras, autuado em flagrante. A Delegacia de Acidente de trânsito (DAT), conclui-o o inquérito policial, indiciando ele pelo crime de Homicídio Doloso, em relação às 05 vítimas e também por lesão corporal dolosa em relação a outra vítima, que se encontra hospitalizado. O inquérito fora remetido à justiça, dentro do prazo legal de 10 dias, conforme estabelece o CPB. Tudo que estava sobre a esfera de atribuição da Polícia Civil foi feito de forma rápida”, ponderou o delegado.

Uma fonte, revelou ao blog, que a permanência do acusado Victor Yan Barros de Araújo, no hospital particular, estaria aguardando a realização de alguns exames, e também por uma decisão de Justiça, pois há um laudo que está preceituando a permanência dele no hospital. 

Em contato com a Assessoria de Comunicação do Hospital São Domingos, prontamente nos repassou uma nota, acerca do paciente Victor Yan Barros.


NOTA

O senhor Victor Yan Barros de Araújo deu entrada na Emergência do Hospital São Domingos após trauma em veículo automotivo. Fez-se necessária cirurgia raquimedular à qual foi submetido ainda no 1ª quinzena de setembro.

Atualmente necessita de nova cirurgia em outra área do corpo, estando aguardando os trâmites hospitalares/seguros do paciente.

No Hospital São Domingos, desde sua chegada, o senhor Victor Yan Barros de Araújo está sob custódia de agentes do poder público.

O Hospital São Domingos não criou, e jamais criará, obstáculos ao cumprimento de mandados judiciais.

Por fim, informamos que os devidos esclarecimentos técnicos/médicos estão sendo disponibilizados ao Judiciário, conforme estabelecido.




Atenciosamente,
Hospital São Domingos



São Luís, 03 de outubro de 2019


W

0 Comentarios "Após acidente vitimando cinco pessoas no Jaracaty, acusado ainda está internado, mas não preso"