Ex-Vereador e locutor de rádio de Vargem Grande é preso pelo não pagamento de Pensão Alimentícia (PA)

setembro 21, 2019 0
Veja o vídeo no momento da prisão:



Uma ação por conta de um Cumprimento de Mandado de Prisão pela Polícia Civil de Vargem Grande-Ma, realizado nesta quinta-feira(19), resultou na prisão do ex-vereador e locutor de rádio, conhecido como “Toninho Abreu”. O locutor que trabalha na Rádio e TV Líder, apresentando o programa “Vargem Grande Agora” do município. Ao receber a ordem de prisão, teria dito que não iria ser conduzido à delegacia. Falou ao Delegado de Polícia Civil de Vargem Grande, Pedro Adão, que não era bandido e que iria no seu próprio carro para a delegacia. O que não foi aceito pelo delegado do município. O locutor teria manifestado a reação em não querer ir na viatura, sendo que o locutor foi algemado e levado para a delegacia.

Durante a abordagem da polícia, filmado em dois vídeos, o ex-vereador e locutor Toninho Abreu, teria dito que o Delegado do município de Vargem Grande teria uma questão pessoal com o com ele. O locutor Toninho Abreu, pede que lhe permita que ligue para o seu advogado, o que lhe fora permitido prontamente. Durante a ação da polícia, o delegado expõe que apenas está cumprindo ordem da Justiça. O locutor Toninho Abreu resiste a prisão e relata que não seria bandido e que não iria ser algemado e levado na viatura. A prisão do locutor foi gravado nos dois vídeo, onde em um deles, de 3:21 (três minutos e vinte e um segundos), o locutor chama o delegado de “Safado e que a situação não iria ficar daquele jeito”. O outro vídeo de 02:05 (dois minutos e dois segundos), o locutor Toninho Abreu disse, “Que seria a última vez que a autoridade seria delegado em Vargem Grande e que o delegado o iria pagar.”

Durante a ação na filmagem, mostra que o delegado na companhia de demais policiais civis, algema o locutor, e depois se afasta. Os policiais presentes, conduzem o acusado usando a força necessária, para que o locutor entrasse na parte de trás da viatura e o conduzem para a delegacia de Vargem Grande. Foi confirmado pela Polícia Civil, da existência de um Mandado de Prisão contra o locutor de Vargem Grande, por conta de um débito de Pensão Alimentícia (PA).



Irmão de Locutor na rádio contra a ação do Delegado de Vargem Grande

Na sexta-feira (20), o irmão do locutor Toninho Abreu, conhecido como “Oneilson” e que seria também locutor, em um programa de rádio, se expressou acerca do caso, e comenta contra a ação do delegado de polícia. No áudio, o irmão do locutor faz comentários contra a própria ação da Polícia. O Oneilson, também locutor, teceu críticas contra o juramento dos policiais, em guardar e proteger o cidadão de bem. No áudio, um de 6 minutos e 45 segundos, o Oneilson relata “O Toninho do Abreu foi liberado na cidade de Itapecuru-Mirim, por conta de uma ordem de soltura. Relatou que a prisão foi feita com o uso de brutalidade”. No áudio, o Oneilson chama repetidas vezes, o delegado de “Um verdadeiro Psicopata, um louco, usando de abuso de poder e um ódio mortal”. O locutor cita ainda, que não tinha necessidade de algemar e levar na viatura o ex-vereador e locutor.

O Oneilson relatou ainda, que o Delegado teria uma rixa contra o ex-vereador e locutor, por conta do locutor ter se metido contra uma prisão de uma mulher, que teria sido presa e aplicado uma fiança de R$ 10 mil reais. O locutor teria conseguido cancelar a fiança e por isso, teria uma divergência entre ambos. No áudio, o Oneilson confirma acerca da “Determinação da Justiça, pela Pensão Alimentícia, o qual estava devendo”, originando assim, no Mandado de Prisão.

Em outra parte confusa do áudio, o locutor Oneilson relata, que “Vcs nunca ouviram e não vão ver, eu, o Oneilson elogiar a polícia ou criticar a polícia. Isso eu não faço, não elogio mas também não critico. Isso eu não faço de jeito nenhum, pq a polícia, qualquer que seja ela, se ela jura perante o juramento deles, eles juram que prendem até o próprio pai e a mãe, então você sabe quem é o policial, vcs já sabem quem é uma figura que é um policial. Não estou falando de todos, tem muitos policiais bons, mas tem uns péssimos, como é o caso desse delegado ai”

Delegado de Vargem Grande confirma o Cumprimento de Mandado de Prisão e o uso das algemas

Auto de Prisão em Flagrante







O Delegado do Município de Vargem Grande, Pedro Adão, informou, que a prisão teria sido homologado e expedido, o Mandado de Prisão contra o locutor Toninho Abreu. Ele teria resistido a prisão, ameaçado o delegado e excitado a população a agir contra a polícia. Acerca do uso das algemas, a autoridade policial informou, que fora solicitado que o locutor Toninho Abreu acompanhasse a equipe policial, mas este teria se negado.

 Após ser preso fora feito um Auto de Prisão em Flagrante, subscrito pela Dr. Taynara, contra o Toninho de Abreu, pelos crimes de ameaça, resistência e incitação ao crime. O Toninho Abreu fora solto na sexta-feira (20), após o pagamento da fiança

A autoridade, o Delegado Pedro Adão relatou ainda, que o irmão do Toninho Abreu, o outro locutor, o Oneilson, o teria ofendido na rádio, com ofensas e calúnias. O Delegado plantonista Souza, teria pedido que a Polícia Militar conduzisse o locutor Oneilson, até a delegacia, mas este teria se evadido do local. W

Veja o vídeo no momento da prisão:








0 Comentarios "Ex-Vereador e locutor de rádio de Vargem Grande é preso pelo não pagamento de Pensão Alimentícia (PA)"